Cometas e estrelas

sábado, 11 maio 2013 16:16
Publicado em Blog
Escrito por  Lido 59855 vezes
Classifique este item
(1 Vote)

É, para mim, um dos grandes paradigmas de como se olha para a prática da modalidade: a perspectiva do cometa e a perspectiva da estrela?

Paso a explicar. Os cometas são corpos celestes que brilham no firmamento mas que têm um tempo de duração curto. As estrelas, pelo contrário, apesar de serem discretas, têm uma duração quase que infinita no nosso firmamento.

As estrelas do parapente são os pilotos que, apesar de serem discretos, voam durante muitos anos. Os cometas são os pilotos, que apesar de terem uma passagem curta pelo parapente (entre 5 a 7 anos), deixam a sua marca nos voos (ou curriculum competitivo) que efectuam.

No entanto o que é interessante para mim, é que nos momentos mais importantes do voo livre as estrelas estão sempre presentes: quer as que partiram, por exemplo. o Zé Carlos, o Didier Favre ou o Xavier Murillo, quer ainda estão entre nós, como por exemplo o Bruce Goldsmith, o David Chaumet e todos os que gostam de voar pelo prazer de voar.

1 comentário

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.

Modificado em terça, 14 maio 2013 14:46

Contactos Sede

  Largo da Reboleira - Sameiro, Manteigas

  N 40º 24' 43.98'' W 7º 28' 07.20'' 

  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Responsáveis

Paula Martins, Pedro Patrício e Fernando Pereira

 

Voos em Bilugar

Os voos de iniciação ao parapente em bilugar não requerem nenhuma experiência anterior da parte do passageiro, não havendo outras restrições salvo condições de saúde graves. Os nossos pilotos de bilugar estão devidamente acreditados e segurados para o efeito, seguro esse que inclui o passageiro.

Venha experimentar a sensação de voar na Serra da Estrela em parapente!